Login  Recuperar
Password
  Segunda, 22 de Dezembro de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Opinião, Editorial
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Editorial

Expotur assinala o Dia do Emigrante

Chegado o mês de agosto, a cidade das Caldas da Rainha renasce com a alegria que o verão e as férias oferecem. As praias estão cheias de gente e, apesar da crise, os comerciantes aguardam com expectativa o aumento do volume de vendas o que, a verificar-se, constituirá um balão de oxigénio para compensar o fraco negócio proporcionado durante os primeiros sete meses do ano.

09-08-2012 | Jaime Costa

A cidade, há muito, perdeu dois importantes pólos de atração, nacionais e internacionais e os tempos brilhantes das termas e do casino já fazem parte do passado.

Face à nova realidade procuram-se alternativas de animação através de espetáculos no Centro Cultural e de Congressos mas nesta época do ano é, sobretudo, a Expotur - Feira das Tasquinhas, na Expoeste, que mais gente atrai e cujo número de visitantes atingiu o ano passado 150 mil presenças.

Hoje regista-se o dia mais concorrido do certame - O Dia do Emigrante. Reencontram-se as famílias e os amigos, matam-se saudades, fala-se das multiplas experiências (positivas e negativas) que a emigração proporciona, e à mesa provam-se os petiscos que, ao som da música portuguesa, aquecem a alma.

A diaspora tem conduzido os portugueses aos quatro cantos do mundo onde com dedicação, esforço e muito trabalho, tanto dignificam o nome de Portugal.

Infelizmente, o elevado nivel de desemprego no país (com tendência para aumentar) continua a obrigar muitos trabalhadores a partir para o estrangeiro, na esperança de obter aquilo que a mãe pátria teima em lhes negar - a subsistência.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar